Putin ve "fácil" colaborar tanto con Al Assad como con Estados Unidos